Paripe.net

Subúrbio de Salvador revive tradição das quadrilhas juninas

Imagem Responsiva


Um dos eventos mais tradicionais da cultura popular baiana, a 13ª edição do Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas acontece de quinta-feira (16), a partir das 12 horas, a domingo (19), na Praça da Revolução, em Periperi, integrando a programação do São João da Bahia. 

Grupos de Salvador e da Bahia participam da competição, que tem o patrocínio do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa). 

Serão 46 quadrilhas, procedentes de todas as regiões do estado, que darão um grande espetáculo de música e dança com suas coreografias tradicionais de um colorido todo especial. Trinta e oito disputam o grupo de acesso, de quinta-feira a sábado, sendo que as quatro primeiras colocadas subirão para o grupo especial em 2023. No domingo, dia 19, será a vez das agremiações do grupo especial, que disputarão o título de melhor quadrilha junina da Bahia. 

Entre as quadrilhas que vão se apresentar estarão a Cia da Ilha, de Itaparica, campeã de 2019; a campeã nacional, Asa Branca; e Forró do ABC, que comemora, em 2022, 40 anos de apresentações. A programação, que reúne as famílias na arena armada na Praça da Revolução, será abrilhantada ainda com a apresentação de um grupo de idosos e três de integrantes mirins.  

Para Carlos Brito, presidente da Febaq (Federação Baiana de Quadrilhas Juninas), "o apoio do Governo do Estado mantém viva a tradição da cultura junina e é importante porque esses grupos não são apenas de apresentações de espetáculos, mas desenvolvem ações culturais e sociais o ano inteiro em suas comunidades".