Paripe.net

Prefeitura promove festival de ginástica rítmica virtual

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


A Secretaria de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel) realiza, neste sábado (08), às 15h, a primeira edição do Festival de Ginástica Rítmica Online, através do canal Prof Neidejane no YouTube. A iniciativa é do pólo da Escola Municipal Senhor do Bonfim, localizada no bairro de Plataforma, e que é responsável pela iniciação esportiva na ginástica de 150 meninas de baixa renda. 

O festival foi inspirado no Campeonato de Ginástica Rítmica Online (CampeOnline) de Federação Baiana de Ginástica, realizado no mês passado, e que foi direcionado atletas de alto rendimento. Vão participar do festival, ao vivo, 50 alunas da unidade escolar, com idade até 18 anos, além de ex-alunas que fazem parte da história do projeto de Ginástica Rítmica na Escola da Semtel. 

Outras alunas do pólo de iniciação também terão participação de forma remota com apresentações gravadas, que serão exibidas durante os intervalos do evento. Para a professora, árbitra e idealizadora do projeto, Neidejane Rios, o festival será um recurso para fortalecer o elo das atletas com o esporte mesmo com os desafios impostos pela pandemia. 

As alunas possuem diferentes níveis de habilidade, sendo que algumas tiveram a iniciação interrompida logo no início com pandemia. Atualmente, os treinamentos ocorrem de forma online, às terças, quintas e sextas-feiras. Como eixo principal do festival é o fortalecimento da relação das atletas com o esporte, não haverá avaliação técnica ou atribuição de notas. 

"Neste momento tão difícil que estamos vivendo, percebemos pais e mães atuantes tirando o tapete da sala, levantando a cama ou afastando os móveis para que as filhas possam treinar. O festival tomou uma proporção tão grande que resolvemos abrir até para as ex-alunas, de modo que todas possam mostrar o que dá para fazer em casa. Estamos mobilizando os familiares que estão próximos a participar, e os que estão distantes a interagir através do chat para que elas possam mostrar o que conheceram e o que aprenderam com o esporte", disse a professora.