Paripe.net

Mil dias de gestão: Salvador chega a 145 escolas municipais construídas e reformadas

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


A Prefeitura de Salvador inaugurou 14 novas escolas construídas e reconstruídas em alto padrão, com acessibilidade e salas climatizadas, durante os 1000 dias da atual gestão, completados nesta quinta-feira (28). Nesse mesmo período, 131 unidades municipais foram reformadas. Todo esse investimento faz parte da estratégia de qualificação das estruturas para estimular o aprendizado dos alunos da rede de educação - que passaram a ter ambientes de ensino confortáveis -, além de oferecer condições adequadas para a atuação do corpo docente.

Aliada a essa iniciativa, a administração municipal deu início a uma inédita estratégia para acelerar e recompor o aprendizado dos estudantes após o período de pandemia da Covid-19. Em setembro do ano passado foi lançado o programa Educação Digital, que já entregou 109 mil tablets com chip (um para cada estudante do 1º ao 9º ano da rede municipal) e 8 mil chromebooks para os professores.  

Foram disponibilizadas duas plataformas virtuais Tech4Kids e AVA – Inteligente Salvador, que proporcionam um aprendizado de forma mais atrativa, fácil e divertida, através de jogos interativos, vídeos animados, exercícios e desafios.

A iniciativa, portanto, vai muito além da distribuição de equipamentos eletrônicos para a comunidade escolar, visando a inclusão digital da rede para o ensino de letramento digital, programação e até produção de games. A estratégia tem ampliado a conectividade dos estudantes, melhorado rendimento e reduzindo a infrequência e abandono escolar.  

Ainda nessa área de tecnologia para as escolas, o município está investindo na qualidade da conexão. Já foram disponibilizados em 233 escolas 250 links de 500MB para unidades de pequeno e médio porte e 50 links de 1GB para as de médio e grande porte.

"Se por um lado a gente está recuperando a infraestrutura das escolas, oferecendo unidades de ensino de melhor qualidade, por outro lado estamos investindo muito em tecnologia. Além disso, também estamos investindo na qualidade do nosso conteúdo pedagógico", salientou o prefeito Bruno Reis.

Reforço - De janeiro de 2022 até agora, a rede municipal de educação convocou 1.265 professores e 86 coordenadores pedagógicos. Além disso, foram investidos R$ 18 milhões em fardamento, R$ 14 milhões em kits escolares, R$ 18 milhões em bens permanentes e R$ 6 milhões na aquisição de mobiliário para as unidades de ensino.  

Em maio passado, um pacote de ações direcionadas à educação pública municipal foi lançado com foco na alfabetização, cuidado e formação. Intitulado "Nossa Escola: Juntos para Alfabetizar, Cuidar e Formar", o programa engloba o reforço no número de profissionais para auxiliar na alfabetização, aumento de veículos e agentes integrantes da ronda escolar e a criação de um centro de formação para professores, com foco na atualização e no apoio técnico e psicológico aos educadores.

Nesse contexto, já foram convocados 71 psicólogos para a assistência emocional aos educadores da rede. O município autorizou, ainda, a contratação de 1,5 mil estagiários para atuarem no Programa de Apoio à Aprendizagem (Paap), voltado ao reforço à alfabetização e à recomposição do aprendizado.

A administração municipal está concluindo a implantação do Centro de Formação que abrigará as ações de formação continuada a professores, coordenadores pedagógicos, gestores, chefes de secretaria e demais profissionais da educação. A estrutura será inaugurada em breve no edifício Civil Towers, no Costa Azul.

Educação inclusiva – Outro marco importante para a cidade é o investimento em ações que promovem a inclusão escolar. Estão em andamento a implantação em 31 unidades escolares de novas salas de recursos multifuncionais (SRM) - espaços destinados ao Atendimento Educacional Especializado (AEE). Com isso, o município, que já conta com 90 salas de AEE em funcionamento, alcançará 121 escolas equipadas com esse recurso destinado ao atendimento de alunos com deficiência, transtornos do neurodesenvolvimento e altas habilidades.

Segurança escolar - No bojo do programa Nossa Escola, algumas iniciativas relacionadas à segurança da comunidade escolar também vêm sendo implementadas, como a Ronda Escolar Humanizada, na qual agentes da Guarda Civil Municipal atuam com dedicação exclusiva no entorno das unidades de ensino.  

Também foi instalado videomonitoramento, com disponibilização de equipamentos para ativação de respostas em caso de incidentes (botão de pânico). Cerca de 60 escolas contam com os dispositivos.