Paripe.net

Contador alerta para os erros mais comuns na declaração do IR em 2023

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


O período de declaração do Imposto de Renda se encerra no fim deste mês e muitos contribuintes possuem dúvidas sobre como preencher corretamente o formulário. É comum cometer alguns erros na hora de declarar, o que pode levar a problemas com o Fisco. O contador e presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Bahia (CRCBA), André Luis Barbosa, lista os erros mais comuns na declaração do IR.

O erro na digitação de valores, segundo dados da Receita Federal, ocorre com a inserção de valores equivocados e, de acordo com André Luis Barbosa, é uma das principais causas de o contribuinte cair na malha fina. Por isso, é importante verificar com atenção todos os dados inseridos antes de enviar a declaração.

A omissão de rendimentos é muito comum, como não declarar salários, aluguéis, aposentadorias e pensões. Tentar suprimir rendimentos leva muitos contribuintes a serem pegados pelo Leão. Outro ponto que gera muitas dúvidas é a inclusão de dependentes na declaração. Nos casos em que alguém possua algum dependente, torna-se necessário informar todos os dados, incluindo nome, CPF e data de nascimento.

 O presidente do CRCBA explica que muitos contribuintes têm dúvidas sobre como declarar as despesas médicas, o que pode levar a erros. É importante lembrar que apenas as despesas comprovadas podem ser deduzidas do imposto de renda.

A declaração de investimentos, como ações, fundos e imóveis, também pode dar dor de cabeça e até levar a erros bem comuns. Por isso, o contador destaca que é importante informar todos os investimentos do contribuinte, assim como os seus respectivos valores.

Por fim, talvez o erro mais comum seja o atraso na entrega da declaração. O prazo para a entrega da declaração em 2023 é até o dia 31 de maio. Quem não entregar a declaração no prazo pode ter que pagar multa e juros.

 "É essencial prestar muita atenção na hora de preencher a declaração do Imposto de Renda, e quem preferir pode contratar um contador. O importante mesmo é evitar erros de digitação, não omitir rendimentos e informar corretamente as despesas médicas, os dependentes e os investimentos. Ao seguir essas dicas, o contribuinte evitará problemas com o Leão e garantirá mais tranquilidade financeira", finaliza André Luis Barbosa.