Paripe.net

Concurso Miss Subúrbio Gay acontece neste domingo (25) no Subúrbio 360

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


A décima edição do Miss Subúrbio Gay promete levar muito brilho e glamour para o Subúrbio de Salvador, no próximo domingo (25). O evento acontece às 17h, no Espaço Cultural Boca de Brasa, no Subúrbio 360, em Coutos, e tem o intuito de celebrar a diversidade, a inclusão e a auto expressão. Neste ano, dez candidatas disputam o título e uma premiação no valor de R$500.

Para participar da disputa, é necessário seguir alguns critérios, dentre eles, ser transformista. "O transformista normalmente se veste como homem e só vira mulher em cena. Isso é uma regra de todos os concursos de beleza gay", explica Fabrício Cumming, idealizador do concurso.

Além do prêmio no valor de R$ 500,00 e a faixa de Miss Subúrbio Gay, a vencedora ganhará uma vaga para disputar o Miss Salvador Gay do ano. O evento contará ainda com uma transmissão, na íntegra, na TV Kirimurê.

Mensagem de amor – Cumming conta ainda que a ideia do Miss Subúrbio Gay surgiu em 2013, em um bate papo com amigos. "Um amigo e eu queríamos fazer um concurso de beleza gay aqui no subúrbio. Como já existia o Miss Bahia e o Miss Salvador, pensei que poderia ser Miss Gay do Subúrbio. Aí, uma amiga sugeriu o nome Miss Subúrbio Gay, e assim ficou", disse.

Nesta edição, o concurso também homenageia a Miss Subúrbio Gay 2021, Shay Rizzo, falecida em outubro de 2022.  "Shay foi muito importante para o Coletivo Periferia de Sucesso, então essa é uma homenagem mais que justa", diz Cumming, que aproveita ainda para deixar uma mensagem de amor e respeito.

"A beleza está em qualquer lugar. Apesar de a mídia sempre querer mostrar o lado ruim do Subúrbio, nós nos unimos para mostrar que a beleza e o amor existem por aqui também", finaliza.