Paripe.net

Co.liga já capacitou mais de 1 mil jovens na capital baiana

Imagem Responsiva


O espaço Co.liga, localizado no Subúrbio 360, em Coutos, oferece 47 tipos de cursos gratuitos com foco no desenvolvimento tecnológico da comunidade que reside no Subúrbio Ferroviário. Desde a inauguração, em 2021, a escola tecnológica já capacitou mais de 1 mil jovens soteropolitanos em Artes Visuais, Design, Multimídia, Música, Patrimônio Cultural, Tecnologia, Gastronomia e outros temas transversais que dialogam com segmentos da economia criativa. Atualmente, o Co.liga já possui mais de 2,6 mil soteropolitanos inscritos.

Atraída pelo curso de fotografia, Geovana Teixeira Viana, 19 anos, moradora de Vista Alegre, buscou a estrutura para dar início ao aprendizado no final do ano passado. A passagem pela escola tecnológica despertou na jovem o desejo pela vida acadêmica. Hoje, estudante de Direito e empreendedora, não perdeu o elo com o Subúrbio 360.

No turno oposto à faculdade, Geovana vende doces e salgados na frente da instituição. As noções de fotografia aprendidas durante o curso são aplicadas nas redes sociais, que ajudam na divulgação dos lanches que comercializa. "Aprendi a fazer fotos dos produtos para poder vender mais. No dia a dia, também gravo vídeos para colocar na rede social. Além disso, o curso passou dicas de como empreender", explica a jovem.

Estudante de Biologia, Lavínia Santos Araújo, 21 anos, moradora de Vista Alegre, também integrou uma das turmas do Co.liga, em 2023, ano que concluía o Ensino Médio. A jovem afirma que os ensinamentos adquiridos durante o curso de Artes Visuais são aplicados até hoje no seu dia a dia. "Me ajudou muito a ingressar no mercado de trabalho. Sigo usando as coisas que aprendi no curso para divulgar de forma mais didática o conteúdo do meu trabalho atualmente, que tem foco no teatro e produção cultural", frisa.

De acordo com a vice-diretora do Subúrbio 360, Cynthia Bittencourt, o Co.liga tem feito a diferença na vida de muitos jovens do Subúrbio. "Esse equipamento tem transformado a realidade desses jovens e adultos, através da profissionalização. Já temos muitos casos de jovens capacitados que foram inseridos no mercado de trabalho", afirma. A gestora complementa que, para muitos, é a única oportunidade de ter a acesso à tecnologia e capacitação.

"Estamos numa comunidade periférica e sabemos que muitos jovens não têm recursos tecnológicos, nem dinheiro para investir em cursos. Aqui temos instrutores, estrutura física e uma gama de cursos que pode abrir portas para o mercado de trabalho e para formação em universidades", pontua.

Parceria – A instalação do Co.liga em um equipamento municipal é fruto da parceria entre a Prefeitura de Salvador, através do Escritório de Governança Social Santa Dulce dos Pobres, com a Fundação Roberto Marinho (FRM) e a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI). O equipamento conta com uma superestrutura tecnológica que promove inclusão social da juventude em situação de vulnerabilidade social. O público-alvo é formado por jovens entre 18 e 25 anos.

Para Fabiana Cecy Magalhães, do Laboratório de Educação da Gerência de Implementação Co.liga, o principal objetivo da parceria é oferecer formação e inclusão produtiva dos jovens na economia criativa. "É um espaço de fortalecimento de redes e tem o objetivo de conectar juventudes, profissionais e empresas", explica.

Os cursos mais procurados são os de Mediação Cultural em Exposições: a Arte do Diálogo, Diga Lá, Fotografia! Conceitos da Linguagem Visual, e Produção de Festivais e Eventos Culturais. Na plataforma são oferecidos cursos gratuitos e on-line de curta duração, com carga horária de 5h.

Na ferramenta, o inscrito tem a oportunidade de ter emprego e renda, fazer sociedades e realizar a troca de oportunidades de trabalho. "É também um espaço de convivência e compartilhamento entre as juventudes e possibilita o desenvolvimento de novas habilidades e competências", destaca Fabiana.

Inscrições – Para se inscrever em um dos cursos, o interessado pode acessar o link www.coliga.digital  . Outra forma de participar é comparecer ao Subúrbio 360, na Rua da Paz, s/n, Coutos, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 20h.