Paripe.net

TCE contradiz versão da Sesab para fim da UPA de Escada



TCE contradiz versão da Sesab para fim da UPA de Escada
Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) negou a versão apresentada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que atribuiu a uma recomendação da Corte o fechamento da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Escada, no Subúrbio Ferroviário.


Em nota à imprensa, o TCE afirmou “que o Relatório de Auditoria não recomenda o fechamento da UPA de Escada, mas tão somente que se regularize a contratação da entidade que explora o equipamento”, afirma.


Segundo o tribunal, “a auditoria na prestação de contas do exercício de 2015 da Sesab, que ainda não foi definitivamente julgada pelo Plenário do TCE, apontou a necessidade de regularização do processo de contratação” da UPA. Hoje, serão realizados os últimos atendimentos na unidade, que ficará fechada a partir de amanhã.


Anteontem, a Sesab informou que a decisão de encerrar a UPA de Escada aconteceu após recomendação do TCE. “Esta é a única UPA privada do país, sendo que esta condição atípica impediu as adequações jurídicas e contratuais necessárias à continuidade contrato.


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) esclarece que não haverá desassistência, visto que a região dispõe de atendimento de urgência e emergência na UPA de Periperi e nos hospitais João Batista Caribé, que é voltado para o atendimento à mulher, e Subúrbio, este indicado para os casos mais graves”, disse a secretaria, em nota.