Paripe.net

Subúrbio terá estações para uso gratuito de bicicletas comunitárias

Imagem Responsiva


Subúrbio terá estações para uso gratuito de bicicletas comunitárias
Foto: Correio24horas

O Movimento Salvador Vai de Bike já desenhou e pretende levar o projeto Bike Comunidade à periferia – o Subúrbio Ferroviário é a região mais cotada para receber a primeira estação. Uma vez iniciada a obra, ela deverá ser entregue em 60 dias – até o final do ano.


Segundo o coordenador do Movimento, Isaac Edington, a ideia é promover integração e acessibilidade nas comunidades. Segundo ele, Salvador tem potencial para receber 40 estações, mas preferiu não estipular prazos para cada uma delas. “A comunidade favorece o uso da bicicleta, principalmente nos pequenos deslocamentos. Há quem busque emprego com a bicicleta. O bicicletário será um ponto de integração”, destaca Edington.


Para implantar a primeira estação, a prefeitura fará um investimento de R$ 150 mil. Uma parceria com o banco Itaú, que já patrocina o Bike Salvador, possibilitará a aquisição das bicicletas e a manutenção do sistema. 


Nas estações, em vez de funcionários públicos, associações comunitárias devem cuidar dos espaços. “A gente identifica o terreno, verifica qual é a infraestrutura, vê se a comunidade é participativa e, depois, leva o projeto”, diz Edington, explicando o processo.


Diferencial

Diferentemente do Bike Salvador, no qual se paga uma taxa anual de R$ 10, o cadastro no Bike Comunidade será gratuito. As bicicletas também terão outras especificações – serão mais robustas. O cadastro será feito por residências e cada casa poderá registrar até três moradores. Para retirar as bikes da estação, por até três horas, basta apresentar documento e comprovante de residência. 

Informações Correio24horas

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva