Paripe.net

São 4 mil professores a menos em sala de aula

Imagem Responsiva


São 4 mil professores a menos em sala de aula
Foto: Reprodução

Em meio à ameaça permanente do governo em retirar os direitos dos professores, durante  votação da Reforma Trabalhista, em Brasília, uma equipe na Bahia continua recrutando voluntários para a Ação Aposentadoria, Nosso professor merece. A argumentação ganha corpo após a divulgação na imprensa do alto índice de educadores que correm para se aposentar no estado. Sete mil estão aptos a deixar as salas de aula. Entre janeiro de 2016 a maio de 2017, 4 mil docentes solicitaram a aposentadoria. Nem mesmo uma bolsa permanência agradou ao exército de docentes que buscam o benefício, acuados pela avanço da investida governamental em ampliar os desfalques direcionados à categoria.


Com isso, em todo Brasil, faltará professor para determinadas disciplinas e a Educação sairá mais uma vez prejudicada.   

   
O que os educadores querem é apenas manter direitos constitucionais, a exemplo da aposentadoria especial, evitando que o tempo de contribuição seja elevado. Para a apoiadora da Causa, Magda Guimarães, “tanto descaso com a Educação é lamentável e o olhar responsável dos gestores se perdeu. As escolas estão destruídas, muitas delas sem merenda, higiene, acessibilidade. Ainda querem disparar mais flechas contra nós?, questiona a pedagoga  que coleciona 28 anos de trabalho.  


A Ação se desenvolve nas ruas e avança no campo digital. Basta acessar www.nossoprofessormerece.com.br e registrar lá o apoio. “A intenção realmente é paralisar a votação e a mexida em nossos direitos constitucionais. A cada semana, renovamos o gás, à medida que cresce o número de apoiadores em toda a Bahia. É fácil e em menos de um minuto, qualquer um pode apoiar nossa Causa”, convoca Cínthia Carvalho, coordenadora da Ação.

 

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva