Paripe.net

Salvamar pronta para proteger os banhistas no Verão

Imagem Responsiva


| |

Salvamar pronta para proteger os banhistas no Verão
Foto: João Franco 

Com a proximidade dos eventos de Verão e também do Réveillon, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) montou um esquema para atender aos banhistas, colocando toda a equipe em operação - cerca de 200 salva-vidas. Durante os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, os agentes irão atuar de 8h às 18h e também durante os horários das festas, sempre próximos ao mar na prevenção de afogamentos e instruindo os banhistas na Barra e nos trechos entre o Jardim de Alah e Ipitanga.
 

Atualmente, a Salvamar conta com 36 pontos fixos de salvamento e quatro unidades volantes. “No Réveillon, serão montados postos nos locais das festas na Barra, Piatã e Itapuã, com o intuito de manter a segurança dos banhistas. Vamos atuar nesses postos volantes durante todo o evento”, afirma o coordenador do órgão, João Luiz Moraes.
 

Alerta – De janeiro ao início deste mês de dezembro de 2016, a Salvador realizou 1.235 atendimentos de pré-afogamento, com três mortes. No ano passado, foram cinco mortes. “Este ano estamos mudando um pouco a atuação, investindo mais na prevenção dos cidadãos. Ou seja, o salva-vidas vai até o banhista e alerta a ele sobre possível situação de perigo que ele esteja correndo no mar. Isso ajuda a evitar casos de afogamento”, pontua Moraes.
 

O órgão alerta para as praias mais perigosas para banho na cidade – Jardim de Alah, Jaguaribe, Stella Maris e Praia do Flamengo – devido às fortes correntes marítimas e aos “buracos” e pedras existentes. A recomendação é de que os banhistas fiquem atentos às bandeiras de sinalização disponíveis ao longo da orla, pois elas indicam onde há um posto de salvamento (bandeira amarela) ou o local que oferece perigo (bandeira vermelha). Além disso, manter atenção nas crianças. 
 

A orientação é de que, assim que chegar à praia, a população peça orientação ao salva-vidas sobre o local mais seguro para banho. Ao ver alguém em situação de afogamento, o procedimento mais seguro é evitar fazer o salvamento por conta própria e chamar o agente, que possui as técnicas e o conhecimento necessários para retirar a pessoa do mar. 
 

O coordenador também fez um alerta aos banhistas que consomem álcool durante a virada do ano. “Além dos soteropolitanos, a cidade fica repleta de turistas durante esses eventos. Então, recomendamos que evitem também o excesso de bebida alcoólica e, quem for tomar banho no mar durante a virada do ano, mantenha a água até linha da cintura, fique resguardado e evite locais com pedras, buracos e valas, que nem sempre estão visíveis”.
 

Em caso de emergência, a Salvador recomenda se dirigir até um posto salva-vidas mais próximo. Outra opção é ligar para a sede da Salvamar, localizada na Avenida Otávio Mangabeira, em Patamares, através do número (71) 3363-5333.
 

Estrutura - Desde 2013, a Salvamar tem recebido melhorias para garantir um melhor serviço à população. A piscina da sede em Patamares e os dois jet-skis foram reformados, além de ter recebido um barco inflável, 200 mastros de sinalizações, salsichões novos, nadadeiras, polly pockets, um motor de popa com potência de 25hp e 15 pranchões. Além disso, os profissionais têm passado por capacitação para aperfeiçoar o salvamento no mar.

 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva