Paripe.net

Rádio de escola da rede estadual fortalece integração entre estudantes em Plataforma

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


Rádio de escola da rede estadual fortalece integração entre estudantes em Plataforma
Foto: Reprodução

A Rádio do Rogério se consolida como importante ferramenta de integração entre os estudantes do Colégio Estadual Luís Rogério de Sousa, no bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. A experiência bem-sucedida é resultado do projeto pedagógico da unidade 'Plantando a Paz'. Criada em 2010, a emissora tem programação conduzida por um grupo de dez alunos, que se dividem entre locução, produção de pauta e redação das notas, divulgadas diariamente para a comunidade escolar.

 

“A nossa rádio cumpre um papel importante de produzir e reproduzir conhecimento dentro de uma perspectiva interdisciplinar. O professor Romildo Brandão, responsável pela oficina de rádio que administrou aqui na escola, por meio do programa Mais Educação, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado [da Bahia], plantou a semente, ensinou aos meninos como criar uma rádio e, hoje, esse trabalho contribui para o desenvolvimento dos alunos”, relata o diretor Wellington Ferreira Pires, um dos idealizadores do projeto.

 

Ele ressalta que o projeto 'Plantando a Paz', desenvolvido desde 2009 por professores, funcionários e estudantes do colégio, foi importante para a criação da rádio. “A partir daí, percebemos que havia a necessidade de um meio de comunicação que difundisse internamente o trabalho realizado. Foi daí que nasceu a ideia da rádio”, afirma. Segundo Wellington, em 2012, o colégio recebeu a visita da consultora da Secretaria Básica do Ministério da Educação (MEC), Gilmara da Silva, que reconheceu o serviço da Rádio do Rogério como experiência positiva para a comunidade escolar. “Ela ficou impressionada com a infraestrutura da nossa emissora e com o trabalho desenvolvido pelos alunos”.

 

Estudantes no comando 

 

A rádio funciona em sala tratada acusticamente equipada com uma mesa de 12 canais, alto-falantes e amplificadores, além das 12 caixas de som espalhadas pelo colégio. Integrante da equipe da rádio – que vai ao ar de segunda a sexta-feira, nos intervalos das 10 às 10h20 e das 16 às 16h20, o estudante Josenildo Almeida, 15 anos,do  2º ano, fala com entusiasmo da sua experiência de locutor e produtor de pautas. “Aprendi a fazer locução e pautas. Hoje sei usar melhor minha voz, e estou sempre atento às notícias para divulgar para os nossos colegas”.

 

Josenildo conta que a programação musical, as notícias esportivas e a difusão das mensagens dos estudantes são os destaques que os alunos mais se interessam. “Eles pedem músicas e geralmente atendemos aos pedidos”. As segundas, quartas e quintas-feiras são reservadas aos comentários esportistas, sob o comando do estudante, que diz estar sempre buscando se informar por meio de leituras de jornais e revistas. Há ainda,os programas 'Curiosidades do Dia', momento em que temas como bullying são discutidos, e 'Mensagem do Dia', ocasião propícia para a difusão de palavras de amizade e paz, como ressalta o estudante.

 

A estudante Vitória Geovana, 14 anos, da ª série, começa a dar suas primeiras contribuições à rádio. “Para mim, tudo é muito novo. Ainda estou começando a dar os primeiros passos na locução, mas já estou gostando muito. Percebo quanto é importante a existência da rádio na nossa escola porque os estudantes interagem mais e acabam ficando mais entrosados”.

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva