Paripe.net

Quadras e campos de Salvador começam a ser fechados pela Prefeitura

Imagem Responsiva


A Prefeitura determinou nesta quinta-feira (02) que todas as quadras e campos públicos da cidade cuja responsabilidade é do município sejam trancadas com cadeado ou fechadas imediatamente. Aquelas estruturas que possuem iluminação também começam a ter as lâmpadas desligadas. As medidas visam garantir o isolamento social, já que fiscais municipais e a Polícia Militar identificou aglomeração de pessoas nessas estruturas. 

No início da tarde de ontem, a quadra situada na Praça da Saramandaia já foi fechada pela Secretaria Municipal de Trabalho Esportes e Lazer (Semtel). Ao longo da semana, o fechamento será feito com prioridade nos equipamentos de maior concentração de pessoas em vias e bairros de grande movimentação, mas a intenção é que todos os 525 campos e quadras de Salvador sejam fechados.

Algumas das quadras e campos cujo fechamento será prioritário são o campo do Imeja (Boca do Rio), do Curralinho (Boca do Rio), do Jaqueirão (São Marcos), do Lasca (Ribeira), do Estaleiro (Ribeira), da Pronaica (Cajazeiras), da Boa Viagem (Monte Serrat), do Lobato (Lobato) e do Parque São Cristóvão.

Também fazem parte da lista as quadras de tênis e poliesportiva do Multishopping (Boca do Rio), a do Imbuí, a da Rua Sá de Oliveira (Plataforma), a do Largo do Tanque e a da Praça João Martins (Barris). O fechamento das quadras e campos vai contar com uma ação conjunta entre várias secretarias e com o auxílio de empresas vinculadas à Semtel responsáveis pela manutenção diária desses espaços.