Paripe.net

Prefeitura reinaugura duas escolas no Subúrbio Ferroviário

Imagem Responsiva


| |

Prefeitura reinaugura duas escolas no Subúrbio Ferroviário
Foto: Yne Manuella

As escolas municipais Cid Passos, em Coutos, e São Brás, em Plataforma, foram reinauguradas na manhã desta sexta-feira (31), após passarem por reformas. As melhorias nas escolas, que estavam com graves problemas estruturais, fazem parte do Programa Combinado, projeto da Secretaria Municipal de Educação (SMED) que visa reestruturar física e pedagogicamente a rede de ensino da capital.


A Escola Cid Gomes, onde a reforma custou de R$3 milhões de reais, ganhou novos espaços de lazer como parques e quadras, mobiliário novo, ar-condicionados nas salas de aula, banheiros e cozinha recuperados, piso novo. A reforma também contou com a reconstrução do muro que cerca o prédio anexo da escola, que vinha sofrendo com constantes invasões de pessoas que sujavam e roubavam o local. “Tínhamos sérios problemas de segurança por conta do muro, que estava caído. Essa reforma era um sonho intangível mas se tornou realidade”, contou Uilton Vieira, diretor da unidade, que atende 510 alunos em tempo integral.


“Meu neto chegou a ficar um mês sem estudar porque o muro daqui caiu no ano passado. Com essa reforma, isso não vai acontecer mais”, contou a doméstica Maria Helena Almeida, 52, avó de Conrado, 7, aluno do 1º da escola. Na Escola São Brás, onde estudam 360 alunos da educação Infantil e Fundamental I, a reforma, orçada em R$1,6 milhão, compreendeu a ampliação dos banheiros e da cozinha, criação de um espaço de recreação, instalação de cobertura no pátio, pintura e troca de mobiliário. “Isso aqui está uma maravilha”, disse a estudante Tainá Conceição, 10, aluna do 4º ano da escola.


Para o prefeito ACM Neto, que participou dos eventos de reinauguração, oferecer uma infraestrutura de qualidade dentro das escolas é um dos fatores que ajudam a garantir a qualidade do ensino. “É importante para a gente que nossos alunos e professores possam ensinar e aprender em um ambiente adequado. As escolas públicas de Salvador estavam em uma situação muito precária. Nunca tivemos uma quantidade tão grande de reformas”, afirmou o prefeito.


De acordo com o secretário municipal de Educação, Guilherme Bellintani, mais 200 escolas devem ser reformadas até o final do ano que vem. “A gente conclui, até setembro, a reforma de mais 100 escolas. Em dezembro, começamos a reforma de mais 100. Vamos terminar 2016 com 50% das escolas do município reformadas”, disse o secretário.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva