Paripe.net

Prefeitura promove atividades lúdicas para crianças em Alto do Cabrito



Em alusão aos 31 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), comemorados neste mês de julho, a Defesa Civil de Salvador (Codesal), em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), realizou a ação Ser Criança em Tempo de Pandemia na comunidade situada na Rua Laurindo Fróes, no Alto do Cabrito. A ação ocorreu na tarde desta quarta-feira (28), e reuniu uma série de atividades lúdicas e orientações para conscientizar pais e responsáveis sobre os direitos infantis e sobre a importância do ato de brincar.

Jogos de mímica e de equilíbrio, trabalhando a ludicidade, a coordenação motora e a atenção foram desenvolvidos envolvendo as crianças, desde as menores até aquelas com idades entre 11 e 13 anos. Ao final das brincadeiras, a psicopedagoga Nilma Oliveira deu um recado aos acompanhantes dos pequenos: "A brincadeira é muito importante. A criança que brinca é mais feliz, tem expertise. É um direito básico da criança, ela tem que brincar e estudar, não pode trabalhar". 

Mãe de Joanderson, de 7 anos, Joélia Santos, de 47 anos, acompanhou a ação torcendo pelo filho nas dinâmicas. "Achei ótima a atividade. Poderia repetir muitas vezes para ajudar a distrair a mente dele. Ele tinha ficado muito parado na pandemia e essa iniciativa veio para somar", opinou.

Prima de Luís Fernando, de 9 anos, a estudante Gabriela de Lima, 17 anos, também elogiou as atividades. "Estou achando ótimo! Um projeto assim é muito bom, até mesmo para que eles não fiquem sem tarefa dentro de casa ou o tempo todo na rua".

A tarde ainda contou com a distribuição de brindes e de lanches para o consumo posterior dos participantes. "Entendemos que se cuidarmos dessa turma na primeira infância, teremos adultos melhores. O resultado foi muito bom. A gente viu uma turma muito engajada e respeitando todos os cuidados para evitar a transmissão da Covid-19, utilizando máscara, trazendo álcool 70%. Portanto, é importante retomarmos, aos poucos e com todos os protocolos devidos, esses momentos presenciais", afirmou a coordenadora de Infância, Adolescência e Juventude da SPMJ, Dinsjani Pereira.

Ações itinerantes – A ação em Alto do Cabrito faz parte de um planejamento da Codesal para retornar às localidades onde há Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdec's) formados. Segundo Fabiana Santana, subcoordenadora de ações comunitárias e educativas da Codesal, essa é uma ação pontual que ocorrerá com uma frequência de duas vezes por mês. O próximo encontro será amanhã no Alto da Terezinha e terá como temática a mãe gestante.

"Nós temos como programação retornar a essas comunidades com outras atividades para manter forte o vínculo que já foi criado durante a formação dos Nupdecs, além de fortalecer também o vínculo entre os moradores da comunidade. Eles acabam participando juntos e começam a trocar informações, o que nos ajuda enquanto Defesa Civil e núcleo, pois são eles que nos trazem informações", contou Fabiana.

"A atividade lembrou um pouco dos direitos e deveres da criança e serviu de incentivo, pois alguns deles acabaram ficando sem atividades durante a pandemia. Nós temos notado uma adesão maravilhosa, porque querem participar e têm sentido falta", complementou a subcoordenadora de Ações Educativas.

Nupdec – O programa Nupdec busca formar lideranças nas comunidades, com a promoção de cursos que abordem a percepção de risco, primeiros socorros, promoção de saúde, defesa civil institucional, e a realização de um simulado de evacuação de área. A intenção é que as pessoas formadas sejam multiplicadoras nas comunidades, orientando familiares, amigos e vizinhos sobre as ações que podem prevenir os deslizamentos e sobre como agir em situações de emergência.

Ao todo, 59 núcleos compostos por jovens e adultos já foram formados pela Codesal. Este ano, o órgão passou a contar também com o Nupdec Mirim, que já formou nove turmas em Vila Sabiá, Boa Vista do Lobato, Baixa do Cacau, Loteamento Bosque Real (Sete de Abril), Alto da Terezinha, Arraial do Retiro, Voluntários da Pátria (Lobato), Daniel Lisboa (Brotas) e Calafate.