Paripe.net

Padeiro que matou amante em hotel, em Paripe é apresentado

Imagem Responsiva


Padeiro que matou amante em hotel, em Paripe é apresentado
Foto: Reprodução

Júlio Pires de Souza, de 42 anos, autor confesso do assassinato de Natalice Vaz Melo, de 41, com quem mantinha um relacionamento extraconjugal há três anos, foi apresentado à imprensa, na manhã desta segunda-feira (22), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), pelo delegado Guilherme Machado, titular da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS).
 

Recambiado para Salvador neste fim de semana, por investigadores do Grupo de Apreensão e Captura (Grac), do DHPP, Júlio estava no Presídio de Eunápolis desde o dia 20 de outubro, quando se apresentou espontaneamente e teve o mandado de prisão cumprido. Ele estrangulou e matou a amante no dia 14 de março de 2013, no Hotel Diamante, em Paripe. O corpo da vítima foi encontrado sobre a cama, em um dos quartos do estabelecimento, pelo recepcionista.

 
No depoimento, Júlio informou ter matado a garçonete depois que ela contou para sua companheira sobre a relação extraconjugal. Segundo o padeiro, Natalice o pressionava e exigia o fim de seu casamento. O homicida já seguiu para o sistema prisional.
 
Conforme nota Ascom Polícia Civil

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva