Paripe.net

Obras de requalificação são iniciadas em São Tomé de Paripe



As obras de requalificação da orla de São Thomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário, tiveram início ontem (27) com a implantação do canteiro e tapumes. A intervenção será dividida em trechos para diminuir os transtornos causados a moradores e visitantes. As primeiras etapas de cada trecho terão início com a escavação do local, drenagem e pavimentação.

 

 

Segundo Henrique Araujo Filho, diretor técnico da empresa responsável pela obra, a San Juan Engenharia, a intervenção é de alto padrão, com acabamento elevado, utilização de piso intertravado, granito, peças em aço inox, eucalipto e outros materiais. “Será uma obra bonita e do mesmo padrão da Barra. De modo que os incômodos e transtornos causados agora serão transformados em benefícios futuros”.

 

 

 

Com características semelhantes ao projeto de requalificação da Barra, as obras em São Thomé de Paripe têm previsão de conclusão em até seis meses. O investimento é de R$ 3,5 milhões. A Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), vinculada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut), foi responsável pelo projeto que engloba uma extensão de 1,2 quilômetros de orla, compreendido entre as proximidades da Marinha e a antiga fábrica da Cocisa. 

 

Serão realizados serviços em 553 metros de drenagem de águas pluviais; reconstrução de 14.371 metros quadrados de ruas pavimentadas, incluindo trechos compartilhados; construção de 5 mil metros quadrados de calçadas com acessibilidade; reforma no campo de futebol, incluindo contenções, novos acessos e alambrados; requalificação do Terminal Marítimo; pista de skate; dois bicicletários,;197 bancos; 53 lixeiras seletivas; 13 conjuntos de mesas e cadeiras fixos; chuveiros e quiosques.

 

 

O espaço vai ganhar equipamentos de ginástica e uma área específica para o lazer das crianças, onde ficará o parque infantil. O piso compartilhado, cuja largura varia de 6,5 metros para 16 metros, será construído em estrutura intertravada e concreto nas laterais. Ao longo de todo trecho, os deficientes visuais contarão com piso táctil para facilitar sua locomoção, dentro do foco da acessibilidade que permeia todos os novos projetos da Prefeitura. A acessibilidade também está assegurada na construção de três rampas construídas próximas às escadarias. A arborização existente será mantida e ampliada com o plantio de novas mudas, como coqueiros e amendoeiras. Também serão realizadas melhorias na iluminação.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva