Paripe.net

Mutirão de cidadania do Governo do Estado beneficia moradores em Fazenda Coutos

Imagem Responsiva


O mutirão do projeto Justiça Social - Mais Cidadania movimentou o bairro de Fazenda Coutos nesta sexta-feira (6), em Salvador. Mais de mil pessoas foram atendidas com serviços gratuitos, como emissão de 2 via de RG, CPF, Carteira de Trabalho e Certidão de Nascimento. A ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) aconteceu no espaço Bahia e envolveu outras secretarias e órgãos, como o Instituto de Identificação Pedro Mello, o Tribunal Regional Eleitoral e a Base Comunitária de Segurança do bairro.

“Esse é um projeto piloto que estamos iniciando em Fazenda Coutos. No início do ano que vem vamos percorrer outros três bairros: Boqueirão, Plataforma e Arenoso. Ontem tivemos uma atividade lúdica pra mostrar a arte e cultura dos jovens do bairro, mostrando, assim, que outros caminhos são possíveis”, afirmou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.

Para Daniela Nascimento, 33 anos, os serviços chegaram em boa hora. “Estou achando excelente o atendimento e ver o Governo do Estado trazendo pra a comunidade serviços importantes e necessários. Vim tirar a segunda via do RG e já estou satisfeita”, pontuou. A jovem Carol Negreiros, de 23 anos, foi até o local ao lado da mãe para emitir a segunda via do RG. “Pra mim esse projeto está sendo gratificante, a comunidade precisava muito dessa ação, pois muitos não têm condições de se deslocar para o centro da cidade para tirar o documento”, comentou.

A população teve acesso ainda ao Passe Livre Intermunicipal para pessoas com deficiência e ao ID Jovem, que dá direito à gratuidade no transporte interestadual e à meia-entrada em eventos esportivos e culturais para jovens de 15 a 29 anos, além da oferta de atendimento ao consumidor do Procon-BA e da Embasa. O mutirão contou também com serviços odontológicos do SESC e ação de Educação Previdenciária do INSS.

O projeto Justiça Social – Mais Cidadania é um projeto piloto que atuará, inicialmente, em quatro bairros de Salvador: Beiru/Tancredo Neves, Fazenda Coutos, Plataforma e Boqueirão/Nordeste de Amaralina. O objetivo é levar os diversos serviços da SJDHDS e órgãos parceiros, transformando a vida de cidadãos e cidadãs por meio de políticas públicas e serviços que, muitas vezes, não chegam às comunidades mais vulneráveis.