Paripe.net

Mundialito com crianças busca reaproximar áreas rivais no Subúrbio

Imagem Responsiva


Copa do Subúrbio
Foto: Amana Dultra | Correio24horas

Em uma partida de futebol , entrar no campo adversário é tarefa fundamental para quem busca a vitória . A regra do jogo pode servir como metáfora para 16 times amadores das comunidades de Plataforma, Boiadeiro, Matadouro e São João do Cabrito, que disputam um campeonato infantil no Subúrbio Ferroviário pautado na aproximação de comunidades que convivem com a guerra do tráfico de drogas.

 

Da união de treinadores voluntários surgiu a ideia de aproveitar a agenda da Copa do Mundo como pretexto para realizar o chamado Mundialito de Novos Alagados, campeonato de futsal que envolve meninos de 9  a 12 anos iniciado ontem no Centro Educativo João Paulo II, no Cabrito. Ou melhor, que teve sua cerimônia de abertura na sexta-feira, no ‘Itaquerão’, como permanecerá apelidada a quadra do espaço comunitário até a final do campeonato, no próximo dia 14 de junho.

 

A referência à arena paulista que recebe a abertura da Copa, no próximo dia 12, não é a única. Também irão acontecer jogos dos estudantes na quadra da rua principal de Boiadeiro, que passa a se chamar Maracanã, no espaço esportivo da Igreja Católica Jesus Cristo Ressuscitado, em Plataforma, que será o Mineirão do Mundialito e em uma quadra no final de linha do Cabrito, no local conhecido como Matadouro. Essa será a segunda Arena Fonte Nova da cidade -para quase todos os jogadores, na verdade, a primeira, já que eles nunca visitaram a praça esportiva recém-reformada.

Informações Correio24horas

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva