Paripe.net

Moradores da Nova Constituinte protestam em frente à Conder

Imagem Responsiva


| |

Manifestantes da comunidade de Nova Constituinte protestam nesta manhã em frente à Conder, por conta de obras inacabadas há sete anos. "Eram três etapas, que custariam R$ 42 milhões. Mas até hoje não concluíram nem a primeira", contou o líder comunitário Arnaldo Anselmo. Segundo ele, as obras incluíam asfaltamento de 84 ruas, construção de um centro comunitário, quadra poliesportiva, 1,5 mil melhorias habitacionais e a construção de 200 casas. Até o momento, no entanto, só foram asfaltadas duas ruas e construída uma quadra. 

 

"As  duas construtoras, a Realeza e a SZ Construções, alegam falta de pagamento. Já foram feitas diversas reuniões com a Conder. Eles dizem que vão pagar hoje, pagar amanhã... mas nunca pagam. São sete anos nisso", queixou-se Anselmo. Ele lidera os cerca de 100 moradores da comunidade, que se dividem nos dois portões do órgão, impedindo a passagem dos carros dos servidores. Com apitos e cartazes, entoam gritos de guerra e pedem para ser atendidos pelo governador Jaques Wagner. 

A Conder foi procurada e informou que está recebendo os manifestantes para uma reunião. 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva