Paripe.net

Moradores da comunidade Guerreira Zeferina em Periperi recebem certificados

Imagem Responsiva


Moradores da comunidade Guerreira Zeferina em Periperi recebem certificados
Foto: Jacson Estrela

Depois de receber seu certificado e falar como oradora dos formandos do curso de Iniciação a Pedreiro, Cassileide Bonfim foi encarregada de entregar o certificado da filha, Suelami Bonfim, formanda do curso de Iniciação a Fotografia e Vídeo com Celular. Juntas a outros 26 moradores da comunidade Guerreira Zeferina, mãe e filha concluíram os primeiros cursos de qualificação ontem (15), em cerimônia no Centro de Cultura da Câmara.
 

O Guerreira Zeferina é um projeto de intervenção social e requalificação urbanística da  Prefeitura de Salvador, numa área de 20.571m2 entre o mar e a linha férrea em Periperi, na Avenida Afrânio Peixoto. Em substituição às moradias precárias, no local estão sendo construídas 257 unidades habitacionais com infraestrutura completa, equipamentos comunitários, esportivos e de convivência. “Estou muito feliz, era o que eu queria e estou orgulhosa por ela, que correu atrás para participar do curso descobriu um possível futuro profissional”, disse Cassileide, que está confiante em começar a trabalhar na nova profissão.
 

Para Átila Brandão Junior, secretário em exercício da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), os cursos são instrumentos para a construção de uma nova vida e também o estímulo para o crescimento pessoal.  “Não temos o poder de parar a vida, mas os momentos podem ser capturados e eternizados em forma de imagens. Quanto aos que fizeram o curso de Iniciação para Pedreiro, tudo que nos rodeia foi construído, nossas escolas, nossas casas, nossas igrejas, e hoje damos o primeiro passo para a construção do futuro”, disse, em mensagem aos formandos. 
 

O diretor de projetos estratégicos da Casa Civil e coordenador do Guerreira Zeferina, Paulo Hermida, destaca a certificação como o aspecto mais importante do projeto. “Além da garantia de moradia, sempre buscamos, desde o início, fazer a inserção social dos moradores, garantir a cidadania e dar a possibilidade de crescimento pessoal e profissional dos moradores, especialmente neste período em que aguardam a construção das novas moradias”.
 

Microcrédito - A possibilidade de acesso ao microcrédito do Banco do Nordeste também é uma das alternativas oferecidas aos membros da comunidade que participaram do curso.  “Vi que no curso de fotografia e vídeo as pessoas tiveram também noções de empreendedorismo. O Banco do Nordeste pode financeiramente dar o primeiro suporte para essas pessoas buscarem uma alternativa para iniciar sua atividade profissional”, disse Antonio Jorge Pontes, superintendente do Banco do Nordeste.
 

Participaram também da entrega dos certificados a secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Taissa Gama, a deputada federal Tia Eron, o presidente da AVSI Brasil, Fabrizio Pellicelli, e a coordenadora do Senai, Isaura Malaquias.

 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva