Paripe.net

Moradias e centro de cultura são entregues aos moradores de Pirajá e Subúrbio



Moradias e centro de cultura são entregues aos moradores de Pirajá e Subúrbio
Foto: Carol Garcia/GOVBA

O mais novo equipamento cultural de Salvador foi entregue na manhã desta quinta-feira (12) pelo Governo do Estado, no Sítio Histórico de Pirajá, localizado no Vale do Rio do Cobre, na Suburbana. O governador Jaques Wagner, acompanhado de outras autoridades, inaugurou o Centro de Cultura e Cidadania Pirajá – iniciativa que faz parte das obras de revitalização do Parque São Bartolomeu, que é um dos principais remanescentes de Mata Atlântica em área urbana no Brasil. Na ocasião, Wagner também entregou 152 unidades habitacionais à população local, por meio do programa estadual Casa da Gente.


O objetivo das intervenções realizadas no local é revitalizar e promover a salvaguarda do Parque, tornando-o um centro de referência histórica, cultural e ambiental de Salvador. "Esta é uma zona totalmente popular de Pirajá e de todo o Subúrbio Ferroviário. Cada pessoa desta comunidade, seguramente, se sente mais acolhida pelo governo baiano e brasileiro. Uma obra de alta qualidade, super bem feita e que vai receber a visita de muita gente. Isso é dar dignidade e melhorar a vida das pessoas", disse o governador. 


Na parte interna do centro estão as salas de informática e recreação, além de espaços para ensaios de dança e música. Na parte externa foram construídas um campo de areia, quadra poliesportiva e um parque infantil.


Para o produtor cultural Fabrício Cumming, “[o Centro de Cultura e Cidadania] é de grande valia para uma comunidade humilde. Somos de Plataforma e agora temos [um novo local] aqui em Pirajá. Um espaço bem equipado, com toda a qualidade, tudo de bom para servir a população local”.


Aos 80 anos, a aposentada Maria Elvira de Santana está satisfeita com a nova moradia construída com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. “Eu morava lá no Parque. Me indenizaram e estou feliz onde me botaram. Meu prédio é este amarelinho”, disse a aposentada apontando para um dos blocos de três andares localizados em frente ao Centro de Cultura e Cidadania.


Nesta etapa das obras, foram investidos cerca de R$ 35 milhões e inclui também a estabilização e contenção de 2,3 metros³ da Encosta de Pirajá.


O parque


O Parque São Bartolomeu tem 75 hectares de extensão e foi palco da Batalha de Pirajá, em 1822, no contexto da Guerra da Independência do Brasil. Representa também um local sagrado para as religiões de matrizes africanas que realizam seus cultos em áreas que estão sendo recuperadas, como a Praça de Oxum. 

Fonte: Secom

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva