Paripe.net

Miscelânea: O Sonho do hexa acabou

Imagem Responsiva


| |

O sonho do hexa acabou
Foto: Reprodução

Depois do dia tristemente histórico de ontem, ainda há necessidade de fazer comentários a respeito do assunto transformado em vexame nacional. Foram dias de expectativa, de torcida, de pensamento positivo, de comemorações, de economia parada, de pensamentos, atenções e esforços direcionados principalmente para a Copa e especialmente para seleção brasileira.

 

Muitos procuraram apontar culpados, dizendo que foi este ou aquele. Outros jogaram a responsabilidade para o psicológico do time que estava desestabilizado pela ausência do principal jogador. Há aqueles que culparam somente o técnico. E alguns que indicaram razões políticas pela perda. Bem, acredito que não foi apenas um fator que motivou essa derrota, mas sim um conjunto de eventos, inexistências e despreparo.

 

Uma seleção, como o próprio nome sugere, deve ser algo selecionado, escolhido a dedo, então podemos pensar que talvez desde o início já tivéssemos problemas com a escolha do time. Além disso, para dar rumo a essa equipe é necessária a condução por parte de um técnico e será que este também teve um bom preparo e humildade para aceitar outras opiniões, que não somente seu ego ou orgulho tenham dito? Outra questão... Será que a seleção foi levada a atuar como um grupo ao invés de ser verdadeiramente uma equipe e a lutar pelo povo brasileiro que ansiava a vitória, ao invés de promoções e conquistas pessoais?

 

Ver um time do coração perder é triste, mas faz parte do jogo, um dia se perde e noutro se ganha, não seria diferente na semifinal todos nós sabíamos que haveria a possibilidade disso acontecer, a questão é e foi a forma. Esperar um placar apertado, prorrogações, disputa por pênaltis ou perder com uma diferença de um ou dois gols fazia parte, mas assistir a um show de horrores, tendo que aguentar até os minutos finais com um placar de 7 x 0 para a Alemanha e somente nos acréscimos do segundo tempo ver o gol de misericórdia acontecer, nitidamente doado pelo adversário foi vergonhoso e inacreditável.

 

Bem, o sonho do hexa acabou, na verdade foi adiado e quem sabe se em 2018 tenhamos alguma chance? Para isso devemos nos reerguer e começar a pensar em formar um time desde já que tenha comprometimento e principalmente encontrar um líder que tenha garra, pulso, persistência, paciência, humildade e orgulho de ser brasileiro.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva