Paripe.net

Miscelânea: As escolhas para o futuro profissional

Imagem Responsiva


Escolha para o futuro profissional
Foto: Reprodução

Chega um momento na vida da gente, principalmente quando somos jovens, que precisamos decidir o que fazer do futuro; se pretendemos cursar uma faculdade e caso sim o que cursar, que carreira seguir, onde trabalhar. Não são decisões fáceis, tampouco definitivas no primeiro momento, pois devemos perceber se as nossas escolhas irão nos fazer bem.

 

Começamos a fazer um curso, escolhido pelos mais diversos motivos: pressão da família, indicações de amigos, necessidade de fama, status, melhor retorno financeiro, etc. e em dado momento descobrimos que não é isso que desejamos ou sonhamos, então precisamos reunir forças e criar coragem para ouvir o nosso coração e recomeçar: mudando de curso ou investindo em algo inusitado.  Nesse momento podemos ser taxados de inconsequentes, covardes, duvidosos, lunáticos, ingratos, mas não importa, porque abrir mão de uma carreira que não se tem vontade, dom ou tato é melhor do que esperar uma vida profissional medíocre, fazendo o que não se gosta e vendo os dias passarem sem se sentir verdadeiramente útil.

 

O importante é escolher algo baseado no que se quer, no que se acredita, no que se sente à vontade e no que se tenha talento e dedicação. Por exemplo, não adianta querer estudar medicina se não consegue manter o sangue frio para limpar um machucado, fazer suturas, ou realizar uma cirurgia delicada. Não adianta querer ser um educador, se não gosta de ler, de se atualizar ou achar que o conhecimento é imutável. Sabe o que acontece quando se escolhe algo diferente do que se deseja? Nos transformamos em profissionais frustrados, mecânicos, passíveis de erros e infelizes. 

 

E se por algum motivo realizarmos nossa escolha, vivermos bem e felizes, com sucesso, e depois de um tempo sentirmos a necessidade da mudança? Bem pode acontecer, é normal acontecer, porque o ser humano possui metas e motivações que vão se transformando com o tempo e principalmente com a maturidade nossos talentos tornam-se mais evidentes. O que nunca devemos esquecer é que qualquer decisão que tomarmos deve ser avaliada com a razão, mas também com a emoção e sempre aplicar o amor e a dedicação em qualquer carreira que escolhermos seguir.

 

E para refletir termino com a frase de Roberto Shinyashiki (psiquiatra e empresário brasileiro):

"Não desista enquanto você ainda for capaz de fazer um esforço a mais. É nesse algo a mais que está a sua vitória."

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva