Paripe.net

J. Carlos Filho apura paralisação da UPA de Escada

Imagem Responsiva


UPA de Escada
Foto: Reprodução Google Maps

Na manhã de terça-feira (29 de abril), o presidente da Comissão de Saúde, Planejamento Familiar e Seguridade Social , o vereador J. Carlos Filho (PT) esteve na Unidade de Pronto Atendimento de Escada para solicitar esclarecimentos sobre a paralisação dos atendimentos. “Não podemos deixar uma unidade de saúde importante para o Subúrbio Ferroviário e para a cidade paralisada”, pontuou. 

 

No local, o vereador recebeu uma nota pública do Grupo médico da UPA de Escada informando que há dois meses, o IEST passou a administração da UPA e do hospital para a empresa APMI, assumindo problemas como falta de insumos e atraso de pagamento de todos os profissionais (técnicos, enfermeiros e médicos). O documento afirmava também que eles tinham realizado um acordo com a empresa para manter o atendimento até o dia 25, e se até essa data o pagamento referente ao mês de março não tivesse siso pago, a equipe faria restrição de atendimento. 

 

Na tentativa de intermediar a negociação para a normalização do funcionamento do local, o vereador J. Carlos Filho conversou com a diretora Karine Valverde que apresentou a versão da empresa na demora do pagamento dos médicos. “O problema é burocrático, estávamos aguardando o contrato ser publicado. Ele foi publicado na terça-feira, provavelmente o pagamento sairá na quarta”, afirmou. 

 

J. Carlos Filho informou que, por telefone, a diretora o comunicou que após sua visita ao local, foi realizada uma reunião e os médicos decidiram normalizar o atendimento ainda na tarde de terça-feira. 

Fonte: Câmara Municipal de Salvador

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva