Paripe.net

Hospital do Subúrbio recebe prêmio das Nações Unidas na Colômbia

Imagem Responsiva


Hospital do Subúrbio recebe prêmio das Nações Unidas na Colômbia
Foto: Reprodução

O projeto de Parceria Público-Privada (PPP) do Hospital do Subúrbio, em Salvador, é uma das duas únicas iniciativas da América Latina e do Caribe a conquistar, neste ano, o Prêmio do Serviço Público das Nações Unidas, na categoria 'Melhoria na prestação de serviços públicos', após uma disputa que envolveu mais de quatro mil experiências de todo o mundo. 


A entrega oficial da premiação aconteceu nesta sexta-feira (26), em Medellín, na Colômbia, como parte da solenidade de encerramento do Fórum do Serviço Público das Nações Unidas, que reúne autoridades e especialistas de todo o mundo. O prêmio foi entregue pelo subsecretário das Nações Unidas, Lenni Montiel, ao coordenador de PPP da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), Rogério Princhak, e ao diretor-presidente do hospital, Jorge Oliveira.


"Já fomos procurados por representantes de países como Nigéria, Congo, Equador, Peru, Guatemala e Colômbia", conta Rogério Princhak. A convite da Organização das Nações Unidas (ONU), Princhak fez apresentação sobre a experiência do Hospital do Subúrbio durante o Fórum do Serviço Público, que começou na quarta (24). O evento tem o objetivo de promover o intercâmbio de experiências inovadoras no serviço público entre os países-membros da ONU. 


"Durante a apresentação, os participantes fizeram muitas perguntas, demonstrando o interesse pelo nosso modelo de PPP, seu arcabouço legal e seu sistema de garantias, sobretudo por parte de países em desenvolvimento", explicou Princhak. "Trata-se de um contrato robusto que permite, através de uma matriz de indicadores, o acompanhamento e a certificação da qualidade do serviço a ser entregue", observou , destacando que, com este modelo, o Hospital do Subúrbio "conseguiu chegar a um nível de excelência".


Quarto prêmio internacional


Este é o quarto prêmio internacional do Hospital do Subúrbio. Em 2012, o projeto foi laureado pela World Finance e pela KPMG e, em 2013, pelo Banco Mundial. "O reconhecimento internacional é um indicativo importante quanto à qualidade de nossas diretrizes na área de PPP, que estão focadas em parâmetros de eficiência e gestão por resultados", afirmou o secretário da Fazenda, Manoel Vitório.


O secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, ressaltou que o prêmio "reflete a decisão acertada do Governo do Estado em abrir novas formas de gestão da saúde pública na Bahia". Para o secretário, a qualidade da medicina praticada na instituição é "uma prova de que é possível fazer saúde pública com recursos limitados, bem aplicados e bem geridos, traduzindo-se, consequentemente, em qualidade assistencial e bem-estar para a população".
 

Exemplo de sucesso


O Hospital do Subúrbio foi o primeiro implantado e operado via parceria público-privada no Brasil. A unidade iniciou o atendimento à população baiana em setembro de 2010. O hospital, que atende a cerca de um milhão de habitantes de todo Subúrbio, além de outros bairros de Salvador e da região metropolitana, possui 373 leitos, dos quais 253 de internação, dez de UTI pediátrica, 50 para adultos e 60 de internação domiciliar, e se destina ao atendimento de alta complexidade para crianças e adultos, urgência e emergências clínicas, cirúrgicas e traumato-ortopédicas. Entre os serviços oferecidos estão ortopedia, cirurgia médica, neurologia clínica e cirúrgica, cirurgia vascular, urologia, pediatria, além de exames de bioimagem (ressonância magnética, raio X e tomografia).


A unidade hospitalar dispõe de uma equipe de cerca de 1.500 profissionais, incluindo 394 médicos das mais diversas especialidades, 270 enfermeiros, 585 técnicos de enfermagem, além de funcionários de apoio técnico, serviços gerais, administração e corpo diretor. 


Para a diretora-geral do hospital, Lícia Cavalcanti, o modelo de gestão e operação alternativo através de PPP, sob a responsabilidade da empresa Prodal Saúde S.A., "foi capaz de atuar garantindo bons resultados assistenciais, efetivos, resolutivos e ágeis executados por equipes treinadas e integradas". O prêmio, avalia, "é o reconhecimento de um exaustivo trabalho de equipe, um estímulo a novos desafios e melhorias que venham sobretudo beneficiar os pacientes com uma assistência multidisciplinar, individualizada, cuidadosa e humanizada".
       
 
Qualificação


Entre as estratégias para a oferta contínua de serviços de qualidade está a capacitação dos profissionais. Periodicamente, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, juntamente com outros funcionários do Hospital do Subúrbio, passam por treinamento. A enfermeira Meire Élide, que atua no setor de hemodiálise, explica como as palestras e os cursos desenvolvidos na instituição de saúde contribuem para o desenvolvimento profissional. "O hospital, com a capacitação, incentiva a busca pelo aprendizado. Os treinamentos são fundamentais para que toda a equipe evolua profissionalmente, e, sem dúvida, contribui para oferecer serviços de qualidade". 


Indicadores hospitalares


Desde o dia da inauguração do hospital até 2014, mais de 12 mil internações foram registradas pela unidade. Lesões e envenenamentos estão entre as principais causas, representando 31% dos atendimentos. Doenças dos aparelhos respiratório e digestivo, e doenças infecciosas também são motivos do alto índice de internações. Para acessar as informações da unidade em tempo real, o interessado pode utilizar o aplicativo HS Agora. O software está disponível para download gratuito na Appstore e no Google Play, nos formatos IOS e Android, respectivamente.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva