Paripe.net

Governo entrega 30ª obra do programa de contenção de encostas no Subúrbio

Imagem Responsiva


Encostas estão presentes em muitos bairros da capital baiana, dividindo as partes alta e baixa da cidade. Em época de chuva, no entanto, costumam ser cenários de desabamentos e até tragédias fatais. A fim de evitar situações como essas, o governador Rui Costa entregou, na manhã da sexta-feira (5), a 30ª obra do programa de contenção de encostas, desta vez, no bairro de Praia Grande, Subúrbio Ferroviário de Salvador.

“Hoje, sinto-me muito orgulhoso. Só quem já morou na base ou no topo de uma encosta sabe o medo que sente de perder a vida e os entes queridos a cada enxurrada. Passei mais de 20 anos morando em um local como esse e sei que essas obras, feitas com material de primeira qualidade, estão garantindo a segurança definitiva a milhares de pessoas”, afirmou Rui Costa.

Localizada no bairro de Praia Grande, mais precisamente na Travessa da Inglaterra, a intervenção recebeu recursos da ordem de R$1,5 milhão e foi executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur).Com mais de 250 metros de extensão, a obra beneficia, aproximadamente 1.900 moradores. “Estamos usando a técnica do solo grampeado, no qual inserimos grampos com mais de 10 metros de profundidade, fixando o concreto. Só aqui nessa localidade foram mais de dois mil metros quadrados desse material. As famílias do entorno podem ficar sossegadas”, garantiu o diretor de Habitação da Conder, Deusdete Brito.

Mais paz

Tranquilidade é a primeira palavra que vem à boca dos moradores do local, com a entrega da obra. O mecânico Cristiano Costa disse que “quando chovia, os parentes ligavam desesperados para saber se estava tudo bem e que agora pode dormir em paz”. A dona de casa Roseleide dos Santos ressaltou que se sente muito melhor com a contenção da encosta finalizada: “Está tudo maravilhoso. Antes convivíamos com o medo de a encosta descer”. 

Também chamadas de ‘vertentes’, as elevações são alvo do Programa de Contenção de Encostas, que contempla quatro grupos de superfícies inclinadas em 107 áreas de risco alto e muito alto identificadas no Plano Diretor de Encostas de Salvador. “São mais de R$200 milhões aplicados, visando prevenir desastres nesses locais. Apenas aqui na Praia Grande estamos fazendo obras em sete encostas”, afirmou a secretária estadual de Desenvolvimento Urbano, Jusmari Oliveira.

Ordem de serviço

Dando continuidade à estratégia, Rui Costa assinou, na ocasião, ordem de serviço para construções similares na Rua Vieira Lopes, no bairro de Alto de Terezinha, também no Subúrbio Ferroviário. As obras, que serão iniciadas na próxima segunda-feira (8), devem beneficiar cerca de dois mil moradores e estão orçadas em aproximadamente R$ 650 mil, com previsão de finalização em quatro meses. Ao executar a contenção, a Conder coloca concreto no terreno em que ocorreu a retirada da cobertura vegetal original, por conta da ocupação urbana, responsável pelas más condições de escoamento da água. 

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva