Paripe.net

Governo apoiará projeto social promovido por morador do subúrbio

Imagem Responsiva


| |

Governo apoiará projeto social promovido por morador do subúrbio
Foto: Carol Garcia | GOVBA

A iniciativa do cobrador de ônibus, Délio Lima de Souza, de 32 anos, se tornou referência e esperança de tempos melhores para a comunidade de Lagoa da Paixão, em Fazenda Coutos, no Subúrbio de Salvador. Ele é o idealizador do Projeto Formando Campeões, que desde 2011 defende a educação e a disciplina por meio do esporte. A ousadia de Délio de desenvolver o trabalho social apenas com doações de amigos atraiu a atenção do governador Rui Costa. Na manhã desta quarta-feira (1º), acompanhado de secretários de Estado, Rui visitou a Rua A, onde aulas de jiu jitsu são oferecidas gratuitamente para cerca de cem pessoas, na maioria, crianças. 


“A ideia surgiu de uma necessidade local. Como sou morador, percebi que faltava uma atividade esportiva aqui. Hoje, nós temos o jiu jitsu como um meio de inclusão. Trabalhamos com pessoas que antes eram reféns da falta de oportunidade. O jiu jitsu não é apenas uma técnica, é uma filosofia. Aqui prezamos pelo respeito e igualdade”, explica Délio.


As aulas acontecem de segunda a sexta-feira em três horários, sempre pela noite. Os treinos são realizados em uma ‘academia’ sem teto e sem paredes. Os moradores da comunidade fazem as aulas com apenas um tatame apoiado no asfalto, observado por todos que passam pelo local. Para incentivar o Formando Campeões, o secretário de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes, que acompanhou o governador na visita, afirmou que a Setre vai promover ações de apoio, divididas em duas etapas. 


“A Setre vai continuar contribuindo para que o esporte seja cada vez mais um fator de inclusão social e desenvolvimento humano. Nós vamos buscar uma solução emergencial para as aulas de jiu jitsu que são oferecidas no bairro, e depois vamos procurar um espaço físico mais adequado para estimular a iniciativa de Délio”, garante o secretário. 


Resultados positivos


A luta diária dos envolvidos no Formando Campeões, já teve resultados importantes. Neste ano, quinze participantes do projeto foram classificados para o Mundial de Jiu Jitsu Esportivo, que acontecerá entre os dias 23 e 26 de julho, em São Paulo. Essa é a primeira vez que membros do trabalho social conquistam a oportunidade de disputar a competição. 


Aos 22 anos, o estudante do curso de Educação Física, Gleison Carlos Souza, está sorrindo à toa. Ele é um dos alunos classificados para o Mundial e não consegue esconder a alegria pelo resultado dos treinos. “É um sonho para mim e para todos os meus colegas. É um orgulho poder pelo menos competir, estar entre os melhores. Carrego uma bandeira. Se, para quem é acostumado a participar de grandes competições, o Mundial é motivo de alegria, ainda mais para quem veio daqui”, ressalta Gleison. 


O modelo do projeto surpreendeu o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa. O titular da pasta acredita que ações como estas são necessárias para a redução da marginalidade. “É muito confortante saber que existem pessoas como o professor Délio, que se dedicam a educar jovens por meio das artes marciais. São pessoas que poderiam estar à margem da sociedade, mas que estão lutando por uma chance. Essas pessoas são os verdadeiros heróis. Isso se encaixa como uma iniciativa de contenção da marginalidade. Dar oportunidade ao jovem permite que eles não sejam vítimas nem autores de delitos”, afirma Barbosa. 


Para Gabriel da Silva, o Projeto Formando Campeões tem fundamental importância exatamente por este viés. O garoto de 17 anos teve um contato indireto com a violência no bairro. De uma só vez, ele perdeu dois amigos, vítimas do tráfico de drogas. “Assim que minha mãe me chamou para ir para casa, uma moto parou e aconteceram os disparos. Meus colegas tinham ligação com o tráfico e, às vezes, tentavam me influenciar. Hoje, em vez de estar à toa, pela rua, estou no treino. O jiu jitsu me ajudou a ter perspectiva. Meu sonho é ser campeão mundial”, contou Gabriel.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva