Paripe.net

Equipamentos esportivos são instalados na Orla de São Tomé de Paripe

Imagem Responsiva


Equipamentos esportivos são instalados na Orla de São Tomé de Paripe
Foto: Secom

A comunidade do voleibol, futebol de areia e futevôlei ganhou mais uma opção para o lazer e o desenvolvimento dos esportes de praia em Salvador. Isso se deve à implantação de traves e redes para a prática das modalidades na orla de São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário. Os equipamentos, instalados pelas secretarias municipais de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel) e de Manutenção (Seman), integram as ações posteriores à completa revitalização da região litorânea do local.
 

A comunidade local, que já andava bastante sorridente por conta das intervenções realizadas pela Prefeitura na orla do bairro, aprovou a iniciativa. "Nosso bairro é praticamente um paraíso, com uma vizinhança tranquila e essa praia maravilhosa. Então, uma ação como essa precisa ser valorizada, pois só tem a enriquecer o local e quem sabe não teremos bons atletas saindo daqui. O esporte é importante, pois retira muitos jovens do mundo das drogas, e isso pode dar um futuro a eles. E, de qualquer forma, é a prática de uma atividade física, algo muito importante para todos", explica o estudante secundarista Fábio Souza, de 16 anos.
 

"Este tipo de iniciativa é muito importante para fortalecer e incentivar o desenvolvimento do esporte na cidade. Salvador é um grande polo formador de atletas no vôlei de praia, vide a história vitoriosa de Ricardo Santos, multicampeão olímpico e que teve seu início de carreira nas areias das praias soteropolitanas. São Tomé é um local lindo e que pode vir a oferecer muitos bons atletas para os cenários local, nacional e mundial, basta que esses jovens tenham incentivo e um bom local para treinar. E essa não é uma modalidade que exija muitos recursos financeiros para ser praticado", explica a árbitra olímpica e diretora de Arbitragem da Federação Baiana de Voleibol, Edilene Batista Andrade.
 

Campo e requalificação - Além dos esportes na orla, o bairro recebe ainda da Prefeitura o tradicional Campo da Muribeca, na Rua Ailton Melo. O equipamento ganhou novo alambrado, calçamento, novas traves e dois portões, além de refletores. O entorno também foi reformado, com ações realizadas no meio-fio, passeio, na grama, também com ações de drenagem e terraplanagem. O campo mede 1.378 metros quadrados e a obra custou cerca de R$ 274 mil.
 

Entregue em 2014, a nova orla do bairro contou com criação de um calçadão, reforma da avenida principal, que recebeu piso intertravado em toda extensão. Além disso, foi criada uma via para circulação compartilhada de ciclistas, pedestres e automóveis, quiosques para venda de alimentos, paisagismo, iluminação e trabalhos de drenagem e rampas de acessibilidade.
 

Apoio - A Semtel, por meio da Diretoria de Esporte e Lazer (DEL), apoia institucionalmente eventos esportivos de modalidades individuais e coletivas variadas de caráter local, nacional e internacional. Estas ações se dão através da articulação com órgãos governamentais e não governamentais, resultando em eventos como a Copa Salvador de Futebol Society do Rio Vermelho, o Super Sacada, megaevento de voleibol amador, o Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia.
 

O órgão mantém parceria com dez clubes sociais que iniciaram, desde 2016, e atende crianças e adolescentes cujas famílias são referenciadas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), vinculados à Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), que ofertam 648 vagas em diversas modalidades esportivas, a exemplo de futebol, futsal, basquete, vôlei, natação, tênis, artes marciais, dentre outros.  
 

“O investimento em requalificações e construção de equipamentos esportivos é um trabalho constante da Prefeitura, e estamos dando continuidade a essa ação importante para a qualidade de vida dos soteropolitanos. Buscamos também parcerias como, por exemplo, com os clubes sociais, que desenvolve atividades esportivas como tênis e natação para mais de 600 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Além disso, contamos com as atividades dos Centros de Iniciação Esportiva em Itapuã e Boca do Rio, beneficiando cerca de duas mil crianças e adolescentes em atividades olímpicas", ressaltou o secretário Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer, Geraldo Júnior. 

 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva