Paripe.net

Crianças de Paripe aprendem a cuidar da terra dentro de escola municipal



Crianças de Paripe aprendem a cuidar da terra dentro de escola municipal
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Os alunos da Escola Municipal Fernando Presídio, no bairro de Paripe, terão mais um motivo para ir às aulas: frutas e hortaliças. O centro educacional foi escolhido para receber, nesta última sexta-feira (15), o projeto Horta Escolar, uma ação da Prefeitura que levará técnicas de plantios para escolas públicas da capital. A parceria entre a Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e a Secretaria Municipal de Educação (Smed) faz parte de um projeto piloto, que pretende levar sustentabilidade para diversas escolas de Salvador. 
 

O espaço, que tem área total de aproximadamente 200 m², foi dividido em dois quadrantes, um para hortaliças e outro de frutíferas. Serão cinco pitangueiras, cinco pés de acerola e cinco goiabeiras, além das mudas de salsa graúda, rúcula apreciatta, alface cinderela, quiabo e coentro. A programação conta com o plantio e um workshop para capacitar os funcionários do local a cuidar corretamente da horta. A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) fez a limpeza e a capinagem da área, para que a escola pudesse receber a horta.
 

Capacitação - Foi realizado um workshop para as pessoas que trabalham na escola entenderem o projeto. Durante a atividade, foram mostradas as necessidades do projeto, o objetivo da ação e a escolha das hortaliças, além da definição do Comitê Gestor da Horta, que ficará responsável pelo funcionamento do local. 
 

O plantio de hortas urbanas já vem sendo feito pela Secis, a exemplo dos bairros Pituba e Itapuã. Dessa vez, a Smed será parceira no plantio, utilizando as hortas como espaços de aprendizado e atividades pedagógicas.

 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva