Paripe.net

Começam obras de requalificação da Avenida Suburbana

Imagem Responsiva


Começam obras de requalificação da Avenida Suburbana
Foto: Valter Pontes

Uma via com mais segurança, mobilidade e qualidade de vida. Assim será a Avenida Afrânio Peixoto, mais conhecida como Suburbana, após a conclusão das obras de requalificação, que já começaram. O prefeito ACM Neto assinou oficialmente nesta segunda-feira (16) a ordem de serviço em um dos trechos onde as intervenções estão adiantadas, próximo à entrada do Parque São Bartolomeu. Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), as obras irão contemplar os 14 quilômetros da via, entre os bairros do Uruguai e Paripe, com investimento total de R$27 milhões, com recursos exclusivos da Prefeitura. 

 
Na área de infraestrutura, somente na aplicação do novo asfalto, com obras coordenadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec), o investimento é de R$14 milhões e inclui também a recuperação de todo o meio-fio. "Esse foi o primeiro critério de importância que levamos em conta após dialogar com quem vive e transita na Suburbana: a questão da segurança. Não vai ter mais buraqueira. Apesar da manutenção que damos, o asfalto aqui na via está desgastado e por isso vamos trocar tudo", disse ACM Neto, que estava acompanhado dos secretários da Semob, Fábio Mota, e da Sindec, Paulo Fontana, entre outras autoridades da Prefeitura, vereadores e lideranças. A previsão de término da requalificação é junho de 2016. 

 
Na área de mobilidade, o investimento total vai chegar a mais de R$13 milhões, com implantação de novos retornos, baias para ônibus e outras intervenções viárias para dar mais fluidez ao tráfego de veículos particulares e dos ônibus. Outra novidade é a implantação da ciclovia em toda a extensão da avenida, localizada em todo o canteiro central, a ser alargado para a implantação das duas pistas para bikes – uma em cada sentido. Já há um trecho praticamente pronto próximo ao Parque São Bartolomeu.

 
O prefeito aproveitou a solenidade para responder críticas sobre a decisão de construir a ciclovia. "As bicicletas não vão mais precisar competir com os automóveis e com os ônibus, como vemos acontecer na Suburbana diariamente. Essa será a maior ciclovia linear e contínua da cidade, e não estamos fazendo simplesmente pintando faixa, e sim criando um espaço próprio. Com isso, as pessoas vão poder trabalhar de bike. E vão poder se exercitar com mais segurança. Ou seja, aliada às outras intervenções do projeto, essa é mais uma decisão que vai ajudar na mobilidade. Quem critica o faz por desconhecimento ou por motivações políticas, exatamente como aconteceu quando fizemos as intervenções na região do Iguatemi", lembrou. 

 
Outras mudanças - ACM Neto ressaltou que as obras de requalificação da Suburbana são tão importantes quanto intervenções feitas em outros cantos da cidade na área da mobilidade. Por isso, na Avenida Suburbana também serão implantadas novas vias e baias para ônibus em dez pontos críticos, o que tornará o tráfego mais rápido. Duas dessas intervenções são a melhoria do retorno do Uruguai, em frente ao Posto Tokaia, e o ordenamento do acesso ao bairro de Novos Alagados. Na altura do Lobato, o embarque e desembarque de passageiros dos ônibus será facilitado com a implantação de baias para coletivo. Novos retornos também serão construídos. O Alto do Cabrito será contemplado com um novo retorno.

 
Um dos pontos mais movimentados da Avenida Suburbana, a região do Luso terá um novo retorno implantado em frente ao Parque São Bartolomeu e a atual rótula será fechada para garantir a fluidez do tráfego. Um novo retorno será construído próximo ao Posto Gameleira e também serão implantadas novas baias para ônibus. Uma das mais belas vistas do Subúrbio Ferroviário, o Alto da Terezinha receberá novos retornos e baias para ônibus. A rótula de Periperi será totalmente redesenhada e a Rua Frederico Costa terá o trânsito completamente reordenado.

 
Em Coutos, a Rua da Glória terá investimentos em retornos e baias para ônibus, assim como as proximidades da estação de trem. Em Paripe, será implantado sentido único da via entre o mercado e a rótula do bairro, além da construção de uma nova via transversal à Avenida Suburbana, com investimento de R$2,27 milhões. Algumas das intervenções já foram iniciadas e as obras de requalificação da Avenida Suburbana têm duração de oito meses.
 

Linhas e melhorias - O titular da Semob, Fábio Mota, afirmou na solenidade que circulam 190 ônibus e cinco mil carros por hora na Avenida Suburbana. Ele destacou outras ações já tomadas pela Prefeitura para melhorar a mobilidade, principalmente voltadas aos usuários do transporte público. "Aumentamos em 39 o número de ônibus que circulam na via, sendo 29 de linhas já existentes e dez de duas novas que implantamos após a demanda dos usuários: uma entre Itacaranha e o Terminal da França e outra entre Itacaranha e Shopping da Bahia. Além disso, após a conclusão dessas intervenções, quem mais vai ser beneficiado é quem anda de transporte coletivo", garantiu; 

 
Além disso, desde 2013, a Prefeitura realiza ações de melhoria não apenas na Avenida Afrânio Peixoto, mas também em todo o Subúrbio Ferroviário. Na extensão da via, por exemplo, a iluminação antiga foi substituída pela tecnologia LED, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). O investimento foi de R$2,3 milhões e foram colocadas 660 novas lâmpadas em 330 postes nos 14 quilômetros da avenida.
 

Somente em 2014, foram investidos cerca de R$30 milhões na região do Subúrbio com ações que englobam recuperação de escadarias, espaços de lazer e convivência, unidades de ensino e postos de saúde, até construção de novas estruturas. Um dos marcos para a região foi a inauguração dos trechos requalificados de orla de São Tomé de Paripe e Tubarão, em outubro do ano passado, com investimento de cerca de R$7 milhões, devolvendo a beleza do local e a autoestima dos moradores. Este ano, o Subúrbio prossegue recebendo intervenções importantes promovidas pela Prefeitura, a exemplo do programa Morar Melhor (reforma de casas em situação precária) e novas creches e pré-escolas do programa Primeiro Passo, dentro do programa Combinado.

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva