Paripe.net

Codecon e Você leva conhecimento sobre consumo a moradores de Periperi



Os comerciantes, fornecedores e consumidores de Periperi, no Subúrbio Ferroviário, tiveram a oportunidade de receber informações sobre relações de consumo por meio do programa Codecon e Você. Promovida pela Diretoria Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon), a atividade foi realizada nesta terça-feira (20), na Igreja Batista Nacional Bom Samaritano, e reuniu cerca de 150 pessoas. O próximo local a ser beneficiado com a ação é a região de Cajazeiras. 

"Esse programa foi pensado justamente da necessidade que temos, não só de multar e estabelecer sanções, mas de educar e ensinar como o fornecedor e o consumidor têm que se respeitar nessa relação de consumo, de bens ou de serviços. A partir disso, foi construído o Programa Codecon e Você", pontuou a diretora da Codecon, Roberta Caires. 

Na ocasião, os palestrantes Edinelia Almeida e Almir Ribeiro abordaram os temas "Direitos de fornecedores e consumidores na relação de consumo" e "Oferta, direito de arrependimento e prazos", respectivamente. A população participou ativamente durante o evento, tirando dúvidas sobre questões referentes à garantia estendida, regras para informação de preço, validade, composição, troca de produtos, oferta e propaganda – normas previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

"A gente traz de uma maneira dinâmica, neste treinamento, todos os nossos especialistas para que possam tirar dúvidas do dia a dia. Observamos que muitos dos problemas que acontecem nessa relação é por falta de conhecimento e informação. Então é um programa de educação e treinamento rápido, mas muito eficiente", completou Roberta. 

Aperfeiçoamento – Dono de uma empresa de calçados e confecções, o comerciante Gerson José Ferreira Santos, de 48 anos, acredita que essas ações ajudam aos comerciantes e consumidores a estabelecer uma relação melhor. Ele ainda afirmou que o curso oportunizou a ele a aprender coisas novas. "A minha expectativa é que os consumidores dessa localidade tenham a mente mais aberta aos seus direitos e deveres. Normalmente, eles só se atentam aos direitos e não colocam em conta os deveres", disse. 

Já para Sirlene Santos das Virgens, 44 anos, dona de uma loja de bolsas e acessórios, o curso serve para que os direitos e deveres sejam respeitados, além de conseguir agradar e fidelizar o cliente. "Como lojista aqui no bairro, a expectativa é grande em aprender porque a gente sempre quer agradar ao cliente, fidelizar para que ele sempre volte à nossa loja. Nunca tivemos uma palestra em nosso bairro em relação a direitos e deveres do consumidor. Aprendi muita coisa, em relação a preço, por exemplo, eu posso diferenciar os valores de cartão de débito, crédito e à vista", relatou. 

Ao final do evento, todos os participantes receberam certificado de participação com carga horária de 90 minutos. Os fornecedores também receberam o Selo de Fornecedor Consciente 2019, para que fixem nos próprios estabelecimentos. 
 
O documento serve como comprovação de que o comerciante, empresário e/ou fornecedor se capacitou sobre como respeitar os direitos do consumidor. O objetivo é que o cliente saiba que está em um estabelecimento onde o comerciante se atentou a conhecer os direitos e deveres, além de agregar valor ao estabelecimento.