Paripe.net

Cineclube Boca de Brasa exibe curta e animação no Subúrbio 360 nesta sexta (20)

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


Quem procura uma programação de lazer para se divertir com a família poderá curtir, gratuitamente, duas sessões de filmes no Cineclube Boca de Brasa. Nesta sexta-feira (20), o Espaço Boca de Brasa - Subúrbio 360, em Coutos, exibirá o curta-metragem "Caçadores de Saci" e a animação "Miúda e o Guarda Chuva". A exibição das películas acontecem em dois horários, às 17h e às 19h, e integra grade de eventos culturais do Festival da Primavera.

Produzido em 2005 e com duração de 13 minutos, o curta "Caçadores de Saci" é uma ficção do subgênero cinema fantástico, que conta a história de uma chácara da pacata família de Onofre. O local é assombrado por cinco sacis que aprontam diversas travessuras. Para resgatar a tranquilidade da casa, Onofre contrata os serviços de Valdevino, o maior caçador de sacis do sertão. As filmagens ocorreram em Salvador e em Lauro de Freitas.

"Quando pensamos nesse projeto, a ideia era desconstruir o mito do saci pererê, trazendo outros olhares. Os sacis são seres brincantes que habitam as matas causando muitas travessuras. Mas no filme abordarmos a questão da diversidade (há sacis brancos e negros) de maneira muito forte e ainda trazemos luz à questão da preservação ao meio ambiente", explica a diretora do curta, Sofia Federico.

Ao final da sessão o público será convidado para participar de um bate-papo sobre a obra. "Grandes eventos como o Festival da Primavera têm possibilitado isso. As pessoas podem conversar, trocar ideias e se fortalecer como cidadão ocupando os espaços públicos".

Miúda - Selecionada no Festival Internacional du Film D'Animation de Annecy, da França, "Miúda e o Guarda-Chuva" mostra o irreal e o estranho como algo cotidiano e comum. A  animação conta história de Miúda, uma mulher que alimenta diariamente sua planta carnívora com formigas. Os insetos arquitetam planos extraordinários para evitarem seu triste fim e tentam de diversas maneiras se comunicar com a personagem.

Com 11 minutos de duração, Miúda e o Guarda-Chuva traz uma atmosfera minimalista, que oscila entre a melancolia e o engraçado, optando pela diversidade de sentidos para tratar de temas como solidão, afetividade e transformações.