Paripe.net

BCS de Fazenda Coutos fecha o mês da mulher com ação social

Imagem Responsiva


Uma roda de conversa com troca de experiências e diversas atrações encerrou, na manhã desta quarta-feira (28), na Escola Municipal de Fazenda Coutos, as atividades promovidas pela Base Comunitária de Segurança (BCS) de Fazenda Coutos) em celebração ao mês da mulher. Mulheres atendidas pela patrulha comunitária e que já sofreram algum tipo de violência doméstica participaram de uma série de atividades ao longo do mês de março.

“Nós trouxemos esse trabalho aqui para Fazenda Coutos porque percebemos a grande quantidade de ocorrências de agressão à mulher. É necessário conscientizar essas guerreiras dos seus direitos, pois muitos deles são violados o tempo inteiro”, afirmou a comandante da BCS/Fazenda Coutos, capitã Lilian Carvalho.

O evento tem parceria com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). “Além de conscientizar as mulheres, também é necessário capacitar os operadores do direito, que são a justiça e a polícia, para que haja uma mobilização de mudança e uma resposta imediata do poder público para essas mulheres”, acrescentou a capitã.

Para representar todas as mulheres do bairro, Maria da Conceição Souza Santos, aposentada que desenvolve um trabalho social com baianas de acarajé na comunidade, foi homenageada. “Me sinto muito feliz. Ser uma mulher que é exemplo para outras mulheres é gratificante. Desejo a todas aqui muita força para continuar lutando”, disse. 

O comandante de Policiamento Regional Baía de Todos os Santos, coronel Valter Menezes, prestigiou o evento. “Integrar a comunidade é a nossa orientação para a tropa”, comentou, ressaltando a importância da conscientização das pessoas na luta contra a violência doméstica.

O evento também incluiu recitais de poesias, apresentações musicais, exposição dos projetos desenvolvidos na BCS, feira de arte, beleza e lazer, oficina de mosaico, turbantes, maquiagem e arte em reciclados, esmalteria com designer de unhas, aulão de defesa pessoal e bazar solidário.  

A programação contemplou ainda serviços como a emissão de segunda via de certidão de nascimento e casamento e CPF, testes para detecção de doenças de síndromes e doenças como HIV, hepatite, sífilis, além de aferição de pressão arterial e glicemia.

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva