Paripe.net

Autoridades da Ásia procuram avião desaparecido com 239 a bordo

Imagem Responsiva


Equipes de resgate de toda a Ásia estão se esforçando para descobrir o que aconteceu com um voo da Malaysia Airlines que desapareceu no caminho entre Kuala Lumpur e Pequim. O avião transportava 239 pessoas. Autoridades da Malásia e do Vietnã enviaram aviões para vasculhar as águas entre os dois países para detectar sinais do voo MH370. 

 

As Filipinas também disseram que devem mobilizar navios para buscar destroços e sobreviventes. Segundo a mídia estatal vietnamita, o voo MH370, de Kuala Lumpur para Pequim, caiu no mar. As reportagens citavam a Marinha do Vietnã. 

Busca por passageiros do voo da Malaysia Airlines deixa familiares aflitos no Aeroporto de Pequim

Autoridades da Ásia procuram avião desaparecido com 239 a bordo (Foto: AFP)

 

Contudo, o comandante vietnamita para a região, o almirante da Marinha Ngo Van Phat, disse que o local fornecido pela mídia estatal era, de fato, a área onde as autoridades malaias perderam contato com o avião. De acordo com o almirante, a localização precisa do jato - e o que aconteceu com ele - permanece desconhecida.

 

“Estamos à espera de ordens de nossos líderes para lançar operações de busca e resgate”, disse o almirante Phat ao The Wall Street Journal.

 

“Nós fomos notificadas pelas autoridades malaias de resgate que a área fica cerca de 153 milhas de distância da ilha de Tho Chu, no Vietnã. Essa área será acessado mais rápido da Malásia ou da Tailândia. 

 

Autoridades da Malásia e executivos da Malaysia Airlines também alegam que não têm informações sobre a localização do avião desaparecido. O ministro dos Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein, que também é ministro da Defesa, disse que a Marinha, a Força Aérea do país e o Exército foram mobilizados para liderar as buscas, incluindo uma aeronave C-130 Hercules.

 

 

 

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva