Paripe.net

Ação do MP visa melhoria do transporte de passageiros entre São Tomé de Paripe e Ilha de Maré

Imagem Responsiva


O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Joseane Suzart, ajuizou uma ação civil pública pedindo, em caráter liminar, que a Justiça determine ao Município de Salvador e à Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) que realizem licitação para a seleção de prestadores do serviço de transporte aquaviário de passageiros para o trajeto que liga São Tomé de Paripe à Ilha de Maré.


A Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal) deverá verificar se a estrutura exigida no edital é adequada às normas legais e a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) deverá realizar licitação para a seleção de prestadores para administrar os terminais hidroviários de São Tomé de Paripe e de Ilha de Maré e providenciar a reestruturação e readequação dos terminais, caso as solicitações sejam acatadas pela Justiça.


Diversos pedidos foram feitos com base na atual situação dos prestadores de serviço e dos terminais, apurada pelo Ministério Público e atestada por inspeção realizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com Joseane Suzart, foram detectadas embarcações com coletes salva-vidas “em péssimo estado e amarrados ao chão, dificultando o seu uso”, bem como a inexistência de grades de segurança e lixeiras nos veículos, dentre outros problemas de segurança e higiene. Nos terminais, foram encontrados pisos quebrados, área de embarque sem parapeito de proteção e banheiros sem funcionar.

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva