Paripe.net

Salvador terá Zona Azul Digital a partir do início de outubro

Imagem Responsiva


Salvador vai dispor, pela primeira vez na história, de um serviço digital que facilitará a vida de motoristas que usam vagas de estacionamento rotativo regulamentadas no município. Na próxima semana, começa a funcionar o Zona Azul Digital, que contará com ferramentas nas quais os usuários poderão baixar aplicativo para comprar a cartela através do celular. A Serbet Estacionamentos foi a primeira empresa credenciada pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) para operar o dispositivo Estacionamento Digital na cidade. Entretanto, mais de 40 estão buscando o credenciamento a partir do edital que se encerrou ontem (25).

O aplicativo credenciado já está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Play Store e Apple Store, e atualmente funciona em 16 cidades do país. Entretanto, a opção que inclui a capital baiana entre elas será habilitada assim que o serviço iniciar as atividades por aqui. Na prática, será assim: o cidadão munido de smartphone com acesso à internet vai baixar o Estacionamento Digital e fazer o cadastro com nome, endereço de e-mail e placa de veículo (pode incluir mais de um). Após esta etapa, o cliente vai comprar créditos utilizando cartões ou boleto bancário.

A ativação da cartela digital poderá ser feita na hora de estacionar. Outros recursos estão inseridos na plataforma, como GPS que vai indicar o logradouro, sugerindo as regras do local. Esses parâmetros servem de guia para indicar, por exemplo, o tempo limite de estacionamento. Será possível até programar um alerta no celular para que o motorista saiba do vencimento da cartela minutos antes do fim do prazo.

Além do aplicativo Estacionamento Digital, Salvador deve contar com outros dispositivos similares, gerenciados por outras instituições privadas que estão em processo de credenciamento. As que forem homologadas estarão autorizadas a comercializar as cartelas digitais.

Novidades – Entre as novidades que o novo serviço vai trazer é que o condutor ganhará uma tolerância de 15 minutos ao estacionar na vaga de Zona Azul. O usuário poderá, via app, cancelar a compra e obter os créditos de volta. Vale lembrar que, se no período de 2 horas após o cancelamento o cidadão desejar estacionar no mesmo logradouro, ele não terá mais os 15 minutos de tolerância. Outra facilidade do sistema é a dispensa da procura por guardadores que comercializam a cartela de estacionamento.

"Havia dependência da presença de guardadores, que não são servidores nem funcionários da Prefeitura, mas sindicalizados. Não conseguíamos ter controle de horário desses profissionais, que muitas vezes, quando procurados pelos cidadãos, estavam ausentes na comercialização da cartela. Situações como essas geraram, ao longo dos anos, muitos problemas", pontua o titular da Transalvador, Fabrizzio Muller. "A modernização do sistema vai melhorar o serviço à população, dando mais credibilidade ao estacionamento rotativo e oferecendo conforto e segurança", acrescenta o gestor.

As cartelas de papel não serão retiradas de circulação de imediato e devem funcionar por mais um ano, simultaneamente com a nova versão. O sindicato dos guardadores terá deverá passar por modernização, e os trabalhadores se tornarão pontos de venda de crédito – mesmo após os 12 meses em que o sistema estiver operando de forma mista.

Fiscalização – Os agentes de trânsito vão fiscalizar o estacionamento Zona Azul via smartphone, consultando a placa por meio do talonário eletrônico. Basta, para isso, digitar a placa e fazer uma simples verificação on-line. "Um dos princípios da Zona Azul é garantir a rotatividade do estacionamento na via, permitindo que o espaço público seja usado de maneira democrática pelos cidadãos", informou Muller, esclarecendo que a renovação de cartela já não era permitida na Zona Azul tradicional. Caso fique na vaga além do tempo inicialmente contratado, o cidadão estará descoberto e o veículo sujeito à multa.

Vagas e tarifas – Salvador tem, atualmente, 11.192 vagas de Zona Azul na cidade, distribuídas em 287 locais. A previsão é implementar mais 900 vagas até o fim de 2018. Os preços cobrados pelo estacionamento em Zona Azul são R$3 para 2 horas, R$6 para 6 horas e R$9 para 12 horas. Em eventos, a cobrança varia de R$10 a R$20, conforme sinalização.

Imagem Responsiva










Imagem Responsiva