Paripe.net

Confira sete dicas de preparação para a Lavagem do Bonfim

Imagem Responsiva

Todos os anos, num ato de fé, centenas de milhares de baianos se vestem de branco para percorrer os oito quilômetros de procissão, partindo da Igreja da Conceição da Praia até a Colina Sagrada, reverenciando o Senhor do Bonfim. O evento acontece nesta quinta-feira (11), e para conseguir suportar as horas de caminhada lidando com o calor escaldante, característico nesta época do ano, é preciso tomar alguns cuidados para evitar transtornos. O coordenador médico de Urgência do município de Salvador, Ivan Paiva, apresentou algumas dicas de como se preparar para essa festa.

Autorização médica – Segundo Ivan Paiva, para enfrentar os 8km de trajeto, é importante ter autorização médica para enfrentar horas de sol e um longo percurso. Muitas pessoas portadoras de doenças crônicas não consultam o médico antes de participar de trajetos como esse.

“Muitos idosos e pessoas com doenças como cardiopatia, diabetes, entre outros, chegam debilitados na Colina Sagrada. Muitos sofrem danos por não consultar o médico. Então esse cidadão precisa saber se tem condições de participar da festa”, explicou.

Proteção à luz do sol – A caminhada deve perdurar durante todo o dia, e para garantir a proteção da pele dos raios ultra-violeta, Paiva recomenda que as pessoas estejam protegidas do sol com protetor solar, sendo fundamental o uso de chapéus e bonés.

“As pessoas que forem à Lavagem do Bonfim precisam abusar do protetor solar. É fundamental também, o uso dos chapéus e bonés, que ajudam a proteger o rosto e a pele”, disse.

Hidratação – A caminhada vai exigir dos fiéis muita hidratação, afinal, para percorrer os oito quilômetros da festa, é necessário estar bem preparado. O médico recomenda que as pessoas já venham preparadas de casa. “Antes de sair de casa, é de fundamental importância que as pessoas tragam uma garrafa d’água para que se mantenham hidratadas”.

Mas, em caso de "aperto", 450 sanitários químicos estão sendo preparados pela Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb), dispostos em pontos estratégicos nas imediações do cortejo – Mercado Modelo e nos Largos dos Mares e Roma.

Alimentação saudável – Antes de seguir para a Colina Sagrada, é fundamental uma alimentação balanceada. De acordo com o coordenador, é recomendado o consumo de melancia por ser um alimento constituído 92% de água, o que ajuda na hidratação durante o percurso.

Use sapatos e roupas confortáveis – Devido ao longo percurso e ao forte calor, os fiéis que forem subir a Colina Sagrada precisam usar roupas e calçados confortáveis.

“É importante usar trajes e sapatos leves durante o trajeto para que as pessoas fiquem confortáveis. É impraticável andar oito quilômetros com roupas e calçados apertados”, orientou Paiva.

Ande até o limite – Segundo Ivan Paiva, é recorrente o caso de pessoas que andam mais que o limite necessário e acabam passando mal por não suportarem a carga que o trajeto proporciona.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), órgão vinculado à Secretaria de Saúde (SMS), estará com um posto móvel no Largo do Bonfim. As pessoas que necessitarem de assistência médica durante o trajeto devem ligar para o 192 e especificar a localização e a situação. Ambulâncias estarão disponíveis para servir à população em todo o percurso.

Beba com moderação – Alguns cuidados devem ser tomados em relação ao uso de bebida alcoólicas. Se for beber, é fundamental usar uma quantidade moderada para evitar alguns transtornos. Caso for dirigir, o recomendado é não beber para garantir a segurança de todos os envolvidos. Para quem faz questão do consumo de bebida alcoólicas, o recomendável é voltar de táxi ou de transporte público, que contará com 100% da frota durante a Lavagem do Bonfim, o que representa 2,6 mil veículos. Vinte dessas linhas que atendem ao evento vão prolongar o atendimento até as 0h.

Imagem Responsiva









Imagem Responsiva